CCAR / DFAST Stress Testing

CCAR / DFAST Stress Testing

CCAR / DFAST Stress Testing

Body

Instituições financeiras americanas, com 10 bilhões de dólares ou mais de ativos devem passar por testes de dificuldade, conforme a Lei Dodd Frank. Instituições com 50 bilhões de dólares de ativos ou mais passam por um programa ainda mais rigoroso, conhecido como o teste de dificuldade Comprehensive Capital Analysis and Review (CCAR [Análise e Avaliação Abrangente do Capital]).

 

Os exercícios DFAST (Dodd-Frank Act Stress Testing) e CCAR são realizados periodicamente e exigem que as instituições financeiras façam projeções futuras para perdas de crédito, balanço/demonstração de resultados e outras variáveis, com base em cenários futuros para diversas variáveis macroeconômicas. As projeções devem ser matematicamente adequadas e úteis para a tomada de decisão de negócios. Os modelos devem ser bem desenvolvidos, validados e controlados e adequados para a finalidade específica de testes de dificuldade.

 

A equipe de risco de modelo da Protiviti realiza diversas validações de modelo e desenvolvimentos de modelo para testes de dificuldade para grande parte das instituições que devem submeter os testes CCAR e DFAST. Nosso trabalho abrange todas as unidades de negócio e objetivos, incluindo modelos utilizados para projetar as perdas de crédito, receitas, rendimentos, provisões, ativos ponderados pelo risco e outros itens do balanço.

 

Por focarmos na qualidade de nossas entregas, nosso trabalho tem sido bem recebido por nossos clientes e pela comunidade regulamentar.

 

Nossas áreas de especialização incluem:

 

Desenvolvimento de modelo de teste de dificuldade

A Protiviti desenvolveu modelos de teste de dificuldade para diversos bancos norte-americanos, tanto para testes DFAST como CCAR.  A Protiviti avaliou a correlação entre as variáveis de entrada bancárias e econômicas específicas e métricas de risco para desenvolver modelos para projeções de testes de dificuldade.

Validação de modelo de teste de dificuldade

A equipe de validação de modelo da Protiviti executou o trabalho de validação de modelo para modelos DFAST e CCAR em relação ao risco operacional, receita líquida antes do ajuste por provisões, perda de risco de crédito, provisão para perdas em empréstimos e operações de arrendamento mercantil e outros modelos em vários bancos nacionais e regionais. A Protiviti avaliou o modelo de regressão e forneceu sugestões para melhorias do modelo. Problemas foram observados em alguns modelos que exigem atualizações antes do envio ao Federal Reserve Board e outros supervisores nacionais.

Suporte de auditoria interna para teste de dificuldade

A Protiviti auxilia a auditoria interna de PMEs em relação à gestão de risco de modelo e teste de dificuldade. Fizemos auditoria quanto ao desenvolvimento de modelos e controles de validação em todos os tipos de modelo, bem como avaliações do processo de testes de dificuldade abrangendo todos os anos de submissão de modelos CCAR e DFAST. Identificamos problemas com a gestão de risco de modelo, modelagem de risco de crédito e modelagem de risco operacional, bem como recomendações para uma melhor correlação entre tipos de risco.